FOLLOW US

O novo coronavírus morre no vinho? Enólogos respondem | Does the new coronavirus die in wine? Winemakers respond

Divulgado esta segunda-feira, 23 de março, a Federação Espanhola de Enologia declarou – na sequência das múltiplas questões que lhe foram endereçadas acerca da eventual contaminação do vinho e seus recipientes pelo Covid-19 – que reuniu com uma série de especialistas da comunidade médica e de associações internacionais de enólogos, concluindo que “a sobrevivência do coronavírus no vinho parece impossível porque a combinação concomitante da presença de álcool, um ambiente hipotónico [o que em Química significa que se trata de um líquido em que a concentração do soluto é menor que a concentração do solvente] e a presença de polifenóis [substâncias naturais antioxidantes que se encontram em abundância nos taninos do vinho] impedem a vida e a multiplicação do próprio vírus”.

By Rita Brertand in Sábado .pt

O vocalista dos U2, Bono, escreveu uma balada ao piano dedicada aos italianos em quarentena, ‘Let Your Love Be Known’, que publicou na página de Instagram do U2.

Fonte: Rádio Comercial

A canção tinha sido composta uma hora antes de a mostrar ao mundo. Para Bono, esta canção é um “pequeno postal de Dublin”, escrita no dia de São Patrício (dia religioso e festivo para os cristãos irlandeses), 17 de março, dedicada não só “aos italianos que a inspiraram”, “aos irlandeses”, “a qualquer um”, “aos médicos, enfermeiros e cuidadores na linha da frente”.

A letra de ‘Let Your Love Be Known’ parece inspirada não só no cante entre vizinhos na Itália, como na quarentena (obrigatória ou recomendada) que se vive em parte substancial da Europa: “I walk through the streets of Dublin and no one was near (caminhei pelas ruas de Dublin e ninguém se aproximava) / Yes, I don’t know you (sim, não te conheço) / No, I didn’t think I didn’t care (não, não me pareceu que eu não quisesse saber) / You live so very far away/Just across the square (vives lá tão longe, apenas do outro lado do largo) / You can’t touch, but you can sing across rooftops (não podes tocar, mas podes cantar através dos telhados) /Sing on the phone/Sing and promise me you won’t stop (canta ao telefone, canta e promete-me que não pararás) / Sing your love be known (canta para que o teu amor seja conhecido)”.

https://youtu.be/uZRbI01lZM0

Covid-19: Portugal mais rápido a tomar medidas do que Itália, Espanha e Reino Unido, diz estudo

Portugal foi mais rápido a tomar medidas de combate à covid-19 do que Espanha, Itália e Reino Unido, indica um estudo comparativo hoje divulgado, no qual se alerta que esta situação não permite traçar um cenário ou inferir resultados.

A análise dos momentos das políticas públicas de saúde no combate à pandemia foi feita pelos autores do Barómetro Covid-19, uma parceria Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP)/Expresso.

O barómetro é um projeto de investigação que acompanha a evolução da pandemia em Portugal e cujos primeiros resultados foram divulgados hoje.

Comparando com Itália, Espanha e Reino Unido, Portugal tomou medidas mais cedo, considerando o número de infetados, o número de mortos e os dias decorridos desde a existência de 50 casos.

Concretizando, Portugal suspendeu eventos desportivos e culturais dois dias após ter 50 pessoas infetadas, a Espanha e o Reino Unido 13 dias depois e a Itália 16 dias depois. Os três países já contabilizavam mortos e Portugal não (a Itália já tinha 366).

Em Portugal as escolas fecharam quatro dias após os primeiros 50 casos de covid-19. Em Espanha passaram 12 dias, em Itália 16 e no Reino Unido 18.

As restrições em transportes foram em Portugal ao fim de sete dias dos primeiros 50 casos de infeção, também um pouco antes do que os outros três países, e a quer a suspensão de serviços não essenciais e distanciamento social aconteceram passados 12 dias das primeiras 50 infeções, também mais cedo do nos três países em análise.

A suspensão de serviços não essenciais aconteceu em Portugal quando se registavam 14 mortes mas em Itália a medida só foi tomada quando o número de óbitos era de 1.016. Quando as escolas fecharam Portugal não tinha ainda mortes por covid-19 a assinalar mas a Espanha já tinha 84, o Reino Unido 233 e a Itália 366.

A comparação das medidas é uma forma de aprendizagem relevante, dizem os autores do estudo, frisando que houve uma “certa heterogeneidade” na tomada de decisões e que a resposta ao vírus foi gradual e não radical.

E depois, alertam também, a causa-efeito das medidas pode ser influenciada por questões como a eficácia. “Da mesma forma, visto que o intervalo de tempo entre a implementação de cada medida é inferior a 15 dias será difícil avaliar o seu efeito individual na redução da curva epidemiológica”, diz-se também no documento.

No documento conclui-se, citando “estudos recentes”, que de uma forma geral as medidas de saúde pública têm impacto no controlo da pandemia, que qualquer medida mesmo isolada é importante, e que “só através de um conjunto combinado de medidas se poderá conter a propagação do vírus”.

Portugal regista até agora 60 mortes e 3.544 infeções devido a um novo coronavírus, que provoca a covid-19, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Das pessoas infetadas, 191 estão internadas, 61 das quais em unidades de cuidados intensivos hospitalares, havendo 43 doentes que já recuperaram desde que a covid-19 foi confirmada no país, em 02 de março.

Fonte: Sapo24

#Covid_19

Não desista do Porto, pois nós não desistimos de si. A cidade do Porto e todos os seus cidadãos têm trabalho incansavelmente, seja na quarentena voluntária, atendimento e busca de resoluções para o bem da saúde pública e tomando medidas impecáveis para a desinfeção dos meios de transportes públicos, medidas extraordinárias de incineração de lixos e tratamento adequados para o bem da nossa cidade, de Portugal e de todos os turistas que nós tanto amamos. Portanto, não cancelem suas reservas! Adiem, peçam créditos e não desista de conhecer a mais linda cidade de Portugal. A pandemia vai passar, a cidade vai estar a sua espera e você precisará de férias! Vamos todos nós, empresas que dependem do turismo, junto da Câmara do Porto, começar uma campanha pedindo aos turistas o não cancelamento com reembolso de suas reservas, e sim um crédito para que após passar a Pandemia possam desfrutar de lindos dias na Invicta.

NOTICE – AVISO: #covid_19

UNA CONSULTING, INVESTMENTS & APARTMENTS communicates, with due regard for the determinations of the National and Municipal Government and Health Authorities [Government Contingency Plan] that, from March 14 to April 6, 2020, face-to-face activities will be closed at public. The Services will be provided through and through the available electronic and digital media. The activities and internal work will continue to be provided and executed with the excellence of always. UNA CONSULTING, INVESTMENTS & APARTMENTS is available and ready for all customers, partners and employees to, at this moment, as in all others, to assist the needs and doubts that may arise.

If you need, or have any questions, contact us through the website, our telephone contacts, e-mails and social networks. TOGETHER WE ARE STRONGER! TOGETHER WE WIN! MORE THAN EVER UNA [se] AND BE A LEVEL UP!

Porto é o 3.º melhor destino mundial na lista dos utilizadores do TripAdvisor

Porto é o 3.º melhor destino mundial na lista dos utilizadores do TripAdvisor

A Ponte Luiz I, o Cais da Ribeira e o Palácio da Bolsa são três dos ex libris a não deixar de visitar no 3.º destino mais popular do Mundo, segundo os utilizadores do portal de viagens TripAdvisor: a cidade do Porto.

“Confie no entusiasmo: estes locais incríveis que os viajantes adoram registaram os maiores picos nas melhores avaliações e classificações no ano passado”, adverte o site ao apresentar a lista dos “Principais destinos populares – Mundo”.

Liderada por Cochim, na Índia, seguida de Luzon, nas Filipinas, a lista inscreve o Porto logo na terceira posição e aponta 1.113 coisas para fazer na “cidade que dá ao país (e ao Vinho do Porto) o seu nome” e que é “marcada por séculos de história e também pelo desenvolvimento industrial”.

O Centro Histórico Património Mundial, a Igreja de São Francisco e as caves de Vinho do Porto são algumas das muitas sugestões sobre “O que fazer no Porto” indicadas pelo portal, segundo opiniões partilhadas por quem já conhece o Porto e gostou da experiência.

Nesta classificação, o Porto fica à frente de cidades como Porto Seguro (Brasil), Da Nang (Vietname), Telavive (Israel), Cracóvia (Polónia), Malta, Viena (Áustria), Fez (Marrocos), Budapeste (Hungria), Zanzibar, Cartagena (Colômbia), Edimburgo (Escócia) ou Moscovo (Rússia).

As classificações do TripAdvisor baseiam-se nas avaliações, classificações e preferências partilhadas pelos viajantes por todo o Mundo

Fonte: Portal de Notícias do Porto: http://www.porto.pt/noticias/porto-e-o-3-o-melhor-destino-mundial-na-lista-dos-utilizadores-do-tripadvisor