FOLLOW US

Porto entra pela primeira vez no ranking da Barnes como cidade para investir

O Porto integra pela primeira vez o year book da Barnes, conceituada agência francesa dedicada ao ramo do imobiliário premium, que todos os anos assinala as cidades que mais oportunidades de crescimento registaram. No top 20, a cidade entra logo diretamente para o segundo lugar, à frente de cidades como Londres e Madrid.

Nas tendências e perspetivas para 2019, a Barnes refere que o Porto é “culturalmente uma cidade muito atrativa” e que demonstra um “crescimento económico muito dinâmico”.

Realçando a “arquitetura histórica” da Sé, Cedofeita, Vitória e Bonfim, a multinacional não deixa também de notar “a atratividade do Rio Douro” que casa bem com a vivacidade da Ribeira, fazendo ainda menção ao encanto da Foz, lugar onde rio e mar se encontram.
No quadro de uma cidade que é descrita como “sedutora” para os investidores internacionais, que oferece inúmeras oportunidades de investimento, a Barnes destaca também o ótimo posicionamento do Porto, servido por um aeroporto próximo do centro e com cada vez mais rotas para oferecer.

Ler Matéria Completa:
http://www.porto.pt/noticias/porto-entra-pela-primeira-vez-no-ranking-da-barnes-como-destino-a-seguir

A Portugal Restaurant Week está de volta com menus a 20€

Portugal Restaurant Week está de volta entre os dias 7 e 17 de Março e traz, como já é costume, menus a 20€, preparados por alguns dos melhores restaurantes do país. Esta 19ª edição, organizada pelo The Fork, o website e app de reservas de restaurantes online, terá novamente uma vertente solidária, já que 1€ de cada refeição reverte a favor da Fundação Rui Osório de Castro e da CrescerSer.

São mais de 100 os restaurantes aderentes, de norte a sul do país, alguns deles com estrela Michelin. Para estes abre-se uma excepção, já que aqui os menus vão custar 40€. De qualquer forma, todos eles incluem entrada, prato principal e sobremesa. O mais perto da Invicta é o Largo do Paço, em Amarante.

O Porto entra na corrida com 25 restaurantes. Entre eles estão o LSD – Largo de São Domingo, o éLeBê Baixa, o Almeja, e o BH Foz. Os menus estão disponíveis online e as reservas podem ser feitas através do website ou da app.

Se for cliente do Millenium BCP e tiver um cartão de débito ou de crédito deste banco, pode usufruir mais cedo da Portugal Restaurant Week (vantagem em vigor de 28 de Fevereiro a 6 de Março). A única coisa que tem de fazer é pagar a refeição com os referidos cartões.

Ler Matéria Completa: https://www.timeout.pt/porto/pt/noticias/a-portugal-restaurant-week-esta-de-volta-com-menus-a-20

“Cartas de Amor ao Porto” é o concurso que quer vê-lo declarar-se à cidade

Mesmo que acredite, assim como Álvaro de Campos, heterónimo de Fernando Pessoa, que “Todas as cartas de amor são/ Ridículas”, até porque “Não seriam cartas de amor se não fossem/ Ridículas”, não deixe de participar no concurso que quer pô-lo a escrever sobre o que o apaixona no Porto. Até porque ser ridículo é um pequeno preço a pagar quando o motivo é declarar-se à Invicta.

A promoção do Porto e/ou da sua área metropolitana, de uma perspectiva literária, é o objectivo da competição, de acordo com o site da mesma. Todas as pessoas que já atingiram a maioridade estão convidadas a participar, e podem fazê-lo com um texto escrito de forma corrida, em verso ou prosa, que tem de ser redigido na língua de Camões e de autoria própria.

A data limite da submissão das candidaturas para o “Cartas de Amor ao Porto” é 14 de Março. Tudo o que precisa fazer é enviar o seu texto para caporto@ideiasamodadoporto.com, em formato PDF, juntamente com um comprovativo de idade. Os candidatos ao Prémio Academia, atribuído ao melhor texto produzido por um estudante universitário, devem enviar ainda uma prova de matrícula, em vigor, numa das universidades sediadas na área metropolitana, segundo o regulamento.

Os vencedores vão ser escolhidos “tendo em conta a mensagem intrínseca dos mesmos, a referência expressa a elementos concretos (corpóreos ou imateriais) que dignificam e elevam o Porto e/ou a sua área metropolitana, assim como a qualidade e a correcção linguística dos mesmos”, por um júri que as vai avaliar e classificar de 15 de Março a 4 de Abril. No dia seguinte são anunciados os resultados.

O primeiro, o segundo e o terceiro classificados vão receber, respectivamente, a Antologia Pessoal da Poesia Portuguesa, seleccionada por Eugénio de Andrade e um prémio monetário no valor de 50€ em vale de compras; o Na Presença da Ausência, de Mahmoud Darwich, e um vale de 20€; e Castália e outros poemas de Albano Martin”. A obra O Poeta e a Cidade e um vale de compras equivalente a 30€ constituem o Prémio Academia.

Os quatro galardoados vão ver ainda os seus textos publicados “nas redes sociais e/ou nos sites geridos pela organização deste concurso”, com a identificação do autor. O concurso, organizado pelo Ideias à Moda do Porto, é co-produzido pelo Núcleo de Jornalismo Académico do Porto.

Ler Matéria Completa: https://www.timeout.pt/porto/pt/noticias/cartas-de-amor-ao-porto-e-o-concurso-que-quer-ve-lo-declarar-se-a-cidade-022519

Salão do imobiliário reúne no Porto profissionais e investidores internacionais

Juntar os profissionais das mais diversas proveniências e atrair investidores da Europa e Brasil são as prioridades do IMOBINVEST – Salão do Imobiliário, cuja segunda edição vai decorrer na Alfândega do Porto, entre 8 e 10 de março.


O evento afirma-se como uma plataforma de negócios para os vários agentes do setor imobiliário, reunindo num único local os diversos players do mercado e afirmando-se, dessa forma, como um ponto de encontro privilegiado para a criação de relações.


Esta edição foca-se na atração de potenciais investidores ao mercado imobiliário do Porto, sendo que uma das novidades é a forte aposta em quatro mercados internacionais cujo investimento no setor imobiliário português tem sido significativo: brasileiro, francês, espanhol e luxemburguês.


O investimento no mercado imobiliário do Porto tem crescido progressivamente, tornando o evento claramente atrativo para quem procura saber mais sobre um possível investimento na cidade, sublinha a organização.


O Salão irá ocupar o piso 0 da Alfândega, sendo o acesso mais facilitado e onde os visitantes poderão encontrar espaços cuidadosamente decorados com o objetivo de facilitar o reconhecimento e comunicação entre os expositores e os visitantes. O ambiente será propício para a criação e concretização de negócios, onde as diferentes entidades apresentarão ao público as suas propostas de valor.


Paralelamente, o IMOBINVEST – Salão do Imobiliário vai contar com diversos seminários temáticos que abordarão as tendências atuais do mercado, de modo a discutir e esclarecer determinados assuntos do setor. Alguns dos temas a abordar passarão por compreender o panorama económico do setor imobiliário em Portugal, os desafios que os promotores enfrentam, as novas tecnologias no mercado da habitação, o branding imobiliário ou o investimento estrangeiro no Porto, entre outros tópicos.


“O evento será, assim, um local atrativo para quem procura saber mais sobre um possível investimento na cidade do Porto, sendo que o mesmo terá espaços de networking, onde o conforto será dominante”, com o objetivo de “potenciar o desenvolvimento das interações entre as diferentes partes interessadas”, explica a organização.


A primeira edição do IMOBINVEST – Salão do Imobiliário, realizada em maio de 2018, contou com a presença de 4 500 visitantes, tendo 500 pessoas participado nos diferentes seminários.


Os bilhetes para visitar este Salão já se encontram disponíveis AQUI.

Ler Matéria Completa: http://www.porto.pt/noticias/salao-do-imobiliario-reune-no-porto-profissionais-e-investidores-internacionais

JÁ É CONHECIDO O TOP 10 VINHOS PORTUGUESES

Quinta da Touriga-Chã 2016, Principal Grande Reserva 2011 e Dow’s Porto Vintage 2016 são os vencedores do “TOP 10 VINHOS PORTUGUESES” 16ª edição de Essência do Vinho – Porto decorre até domingo, no Palácio da Bolsa.

Já é conhecido o TOP 10 VINHOS PORTUGUESES pela Revista de Vinhos. Quinta da Touriga-Chã 2016, Principal Grande Reserva 2011 e Dow’s Porto Vintage 2016 são os rótulos que mais se notabilizaram em 2018, para a comitiva de 50 especialistas internacionais.

Nos tintos, a qualidade apresentada proporcionou a distinção de quatro referências. Quinta da Touriga-Chã 2016, (Jorge Rosas, Douro) foi o que reuniu a preferência dos jurados. Seguiram-se Procura Vinhas Velhas 2014 (Susana Esteban, Alentejo, 2º lugar), Sabor(z)inho by António Maçanita 2015 (Azores Wine Company, Açores, Pico, 3º lugar) e Quinta dos Carvalhais Único 2015 (Sogrape Vinhos, Dão, 4º lugar).

Principal Grande Reserva 2011 (Ideal Drinks, Bairrada, 1º lugar), Guru 2016 (Wine & Soul, Douro, 2º lugar) e Cozs Vp – Vital 2017 (Coz, Vinho de Portugal) foram os brancos que se destacaram. Por fim, no campo dos fortificados, o júri elegeu Dow’s Porto Vintage 2016 (Symington Family Estates, Vinho do Porto, 1º lugar), Taylor’s Porto Vintage 2016 e Barbeito Boal 40 Anos Vinho do Embaixador (Vinhos Barbeito, Vinho Madeira).

O júri, composto por 50 especialistas de 11 países e 3 continentes, avaliou os mais de 60 rótulos pré-selecionados pelo painel de Provas da Revista de Vinhos como finalistas do TOP 10 VINHOS PORTUGUESES. A iniciativa decorreu no âmbito do Essência do Vinho – Porto 2019, que arrancou esta quinta-feira, dia 21, com esta prova, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa.

O anúncio oficial dos premiados realizou-se esta sexta-feira, num jantar no The Yeatman.

Ler Matéria Completa: http://www.revistadevinhos.pt/noticias/ja-e-conhecido-o-top-10-vinhos-portugueses

TAP reforça em junho voos entre o Porto e São Paulo

A TAP anunciou que irá reforçar o número de voos semanais entre o Porto e São Paulo, no Brasil, a partir de junho. A companhia aérea nacional passará a oferecer três ligações por semana entre as duas cidades, nomeadamente às terças, quintas e sábados.


Segundo comunicado divulgado pela empresa, a aposta no Porto revela-se a partir das 288 frequências por semana, num total de 19 rotas diretas do Porto para o Brasil, para os Estados Unidos e para a Europa.


Neste ano, a TAP já havia anunciado o reforço da operação entre Porto e Nova Iorque (Estados Unidos), bem como para os destinos Bruxelas, Lyon e Munique.


O Aeroporto Francisco Sá Carneiro foi, segundo dados divulgados pela ANA – Aeroportos de Portugal em janeiro passado, o que mais cresceu nos últimos 12 meses, em número de passageiros transportados e em número de movimentos, com uma aposta crescente das companhias aéreas.


Este reforço da TAP surge após o anúncio da aposta em novos destinos por outras companhias aéreas que vão ligar o Porto a Málaga e Toulouse, respetivamente pela Easyjet e pela Ryanair, e ao Dubai, através da transportadora aérea dos Emirados Árabes Unidos.

Ler Matéria Completa: http://www.porto.pt/http://www.porto.pt/noticias/tap-reforca-em-junho-voos-entre-o-porto-e-sao-paulo

Inverno? Termómetros vão chegar aos 26 graus

A temperatura máxima vai subir nos próximos dias.

A  temperatura máxima vai subir nos próximos dias em Portugal continental, com a máxima a variar entre os 20 e os 26 graus Celsius durante o fim-de-semana, anunciou esta quarta-feira o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“Prevê-se para os próximos dias um aumento gradual da temperatura máxima. No fim-de-semana, os valores da temperatura máxima deverão variar entre 20 a 26°C e entre 17 a 20°C nas regiões do interior Norte e Centro”, refere o IMPA em comunicado.

Segundo o documento, os valores estão acima do valor médio para esta época do ano, sendo esperado que o domingo seja o dia com a temperatura mais elevada, 7 a 9°C acima do normal. 

“A temperatura mínima terá uma pequena subida na quinta-feira, não registando alterações significativas até ao fim de semana, com valores entre 5 a 7°C, excepto do interior Norte e Centro, onde deverá variar entre 2 a 5°C e no Algarve entre 10 a 12°C”, acrescenta.

De acordo com o IPMA, estes valores configuram uma “elevada amplitude térmica”, traduzindo-se nos próximos dias “num acentuado arrefecimento nocturno”.

“A partir da tarde de quinta-feira prevê-se também um aumento da agitação marítima em toda a costa ocidental, com ondas de oeste-noroeste entre 2,5 a 3,5 metros. Na costa sul do Algarve prevêem-se ondas de sudoeste com 1 a 2 metros”, conclui.

Ler Matéria Completa: https://www.publico.pt/2019/02/20/sociedade/noticia/temperatura-maxima-vai-subir-proximos-dias-1862784#gs.9WWHXYo7

Museu da História da Cidade abre portas ao público com exposição sobre o Douro

Museu da História da Cidade está, a partir de hoje, aberto ao público com uma exposição sobre a região do Douro. Até 20 de Abril pode ver Douro [DWR] – 3 solos entre céu e terra no antigo reservatório de água do Parque da Pasteleira

A curadoria está a cargo de Nuno Faria, director artístico do Centro Internacional das Artes de José de Guimarães, e Eglantina Monteiro, antropóloga. A exposição conta com o trabalho de vários artistas e especialistas de diferentes áreas que, ao longo dos anos, fizeram trabalhos sobre a região. Os colaboradores mais activos foram Pedro Jervell e Francisco Adão da Fonseca, do ateliê de arquitectura Skrei, os autores de algumas das peças expostas, e o enólogo e produtor Mateus Nicolau de Almeida.

Douro [DWR] – 3 solos entre céu e terra é “um retrato pouco convencional do Douro”, explica Nuno Faria. A exposição é sensorial e conta com vários estímulos, feitos através de som e de materiais audiovisuais. O objectivo é abordar o que há de mais experimental na vitivinicultura, mas também recordar o passado. Isto é, “vai desde a experiência que os romanos tiveram a produzir vinho até aos dias hoje”.

À entrada do museu vai encontrar um mapa da autoria de Barão de Forrester, onde está desenhada a área do Alto Douro Vinhateiro, e nas paredes uma breve explicação da exposição.

Atómica Desejosa, da autoria dos Skrei, é uma das peças centrais da exposição. Feita em ferro preto, tem o formato de um átomo e o neutrão é um pedaço de pedra de xisto. Os arquitectos são também responsáveis pelas duas campânulas de cera onde os visitantes podem ouvir dois depoimentos. Um de Mateus Nicolau de Almeida, sobre as condições das pessoas que habitam e trabalham naquela região, e outro mais poético, onde são lidas passagens de obras de Miguel Torga, Agustina Bessa Luís, entre outros autores. Os visitantes são incentivados a colocar a cabeça no interior da campânula para conseguirem ter uma experiência mais imersiva.

Atómica Desejosa© Cláudio Simões

A imagem é uma das dimensões mais importantes da exposição, por isso, no museu há várias projecções de fotografias e vídeos. As duas que abrem a exposição representam duas fases muito diferentes da produção de vinho. Uma, o mosaico romano que foi descoberto pelo arqueólogo Pedro Abrunhosa; outra, de Emílio Biel que, em 1905, fotografou um conjunto de trabalhadores depois de uma vindima. Além destas vai encontrar fotografias de Domingos Alvão, Duarte Belo e Lara Jacinto. Há ainda a possibilidade de assistir a um documentário sobre barcos rabelos de Adriano Nazareth.

Mas há mais: num dos corredores do museu vai encontrar uma estante com várias garrafas, onde o vinho foi substituído por amostras de diferentes tipos de solo que é possível encontrar no Douro. Ao fundo do corredor está também uma das instalações mais interactivas, um conjunto de folhas que representam as diferentes castas de vinho que existem no Douro. Além de as verem, os visitantes podem escolher as que querem projectar na parede.

Amostras de rochas© Cláudio Simões

Antes de estar no Porto, a exposição esteve no museu La Cité du Vin, em Bordéus, que anualmente convida um país produtor de vinho a criar uma exposição temporária sobre o assunto. Tal como aconteceu em França, por cá também está a ser planeado um programa paralelo. O museu vai ser palco de conversas e outras actividades, em que vão ser convidadas figuras de diferentes áreas relacionadas com o vinho. Se quiser ir visitar a exposição saiba que a entrada é livre e que o pode fazer de terça-feira a domingo das 10.00 às 18.00. 

Ler Matéria Completa: https://www.timeout.pt/porto/pt/noticias/museu-da-historia-da-cidade-abre-portas-ao-publico-com-exposicao-sobre-o-douro-022019

Portugal recebe cada vez mais turistas dos Estados Unidos, Canadá e Brasil

Os quinze principais mercados emissores representaram 83,0% das dormidas de não residentes na hotelaria em dezembro.

A procura por Portugal como destino turístico tem crescido cada vez mais. Ainda que a procura por parte dos habitantes do Reino Unido e de Espanha tenha aumentado, países como a Polónia e os Países Baixos têm registado um enorme decréscimo no número de dormidas em Portugal.

s mercados emissores que registaram um maior crescimento em 2018 foram os Estados Unidos (19,9%), o Canadá (16,7%) e o Brasil (9,4%). Os mercados com maiores quebras nas dormidas em 2018 foram a Polónia (-15,4%), os Países Baixos (-11,4%), o Reino Unido (-7,5%) e a Dinamarca (-7%). Os dados foram divulgados esta quinta-feira pelo INE.

O INE afirma que o mercado britânico é o que mais visita Portugal, com um total de 8,5 milhões de dormidas em 2018. No entanto, este mercado que enfrenta o processo político do Brexit recuou 7,5% face a 2017. Mesmo assim, reteve a maior quota de mercado (21%).

Segundo os dados divulgados pelo INE esta quinta-feira, o mercado alemão ocupa a segunda posição com um total de 5,4 milhões de visitas (13,2% do total). Todavia, o número de alemães recuou 4,3%.

Em terceiro, surge o mercado espanhol com um total de 4,1 milhões de dormidas, mais 1,9% face a período homólogo, e uma quota de 10,1%.

Na quarta posição, surge o mercado francês com uma queda de 2,7% para 3,8 milhões, com uma quota de 9,4%.

Na quinta posição, o mercado brasileiro foi responsável por 2,2 milhões de dormidas, mais 9,4% em 2018 para uma quota de 5,4%.

Ler Matéria Completa: https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/portugal-recebe-cada-vez-mais-turistas-dos-estados-unidos-canada-e-brasil-411376

JÁ SÃO CONHECIDOS OS FINALISTAS DO TOP 10 VINHOS PORTUGUESES

São mais de meia centena os vinhos pré-selecionados, finalistas do TOP 10 dos Vinhos Portugueses. O júri internacional chega nas próximas horas ao Porto para a derradeira avaliação.

O Essência do Vinho – Porto 2019 arranca já na próxima quinta-feira, dia 21. As portas do Palácio da Bolsa vão abrir ao início da tarde mas antes disso haverá uma importante prova que vai eleger o TOP 10 dos Vinhos Portugueses.

O júri internacional que está responsável por esta prova vem de diferentes latitudes e tem nomes muito representativos da crítica mundial. O jornalista Jamie Goode (Sunday Express), do Reino Unido, Sarah Ahmed, também do Reino Unido, José Peñin, de Espanha, Loîc Pasquet, de França, Yuri Koster e Cees van Casteren MW, da Holanda, Mabel Lai, da China, Bruno Almeida, dos EUA, ou Cássia Campos, do Brasil, são apenas alguns exemplos de uma lista extensa e rica de especialistas globais.

A pré-seleção de vinhos feita pela Revista de Vinhos fechou uma lista de mais de meia centena de referências. Esta pré-seleção tem por base os vinhos que mais se notabilizaram no ano de 2018, provados pelo Painel de Provas da Revista de Vinhos. Todas as regiões vinícolas portuguesas estão representadas, com anos de colheita que vão desde 1985 até a vindimas recentes como a de 2017. Os perfis distintos são naturalmente diferentes mas em comum têm um nível qualitativo superior.

Os resultados serão anunciados num jantar exclusivo, no The Yeatman, em Vila Nova de Gaia.
O TOP 10 Vinhos Portugueses, organizado pela Revista de Vinhos, é a competição mais antiga do país, organizada desde 2006. Trata-se de um investimento própria da Revista de Vinhos/ Essência do Vinho, sem qualquer apoio externo.

O júri internacional chega ao Porto nas próximas horas e terá à espera um programa repleto de atividades paralelas, organizadas propositadamente para a comitiva internacional. Desde tours por regiões vitícolas até visitas específicas a players muito relevantes, como é o caso da Corticeira Amorim, as dezenas de especialistas que integram esta comitiva poderão conhecer mais sobre o Portugal vinícola.

O evento

A tarefa de escolher os dez melhores dá o mote para a 16ª Edição do Essência do Vinho – Porto. Entre os dias 21 e 24 de fevereiro, o setor do vinho e os milhares de apreciadores reúnem-se no Palácio da Bolsa, no Porto. O evento tem um impacto estimado na cidade de 2,6 milhões de euros, de acordo com um estudo do ISAG – European Business School.

A edição de 2019 tem a novidade da Loja Pop Up que vai permitir aos visitantes adquirir os vinhos que mais gostaram de provar no evento e depois recebê-los em casa.

Durante os quatro dias, as atividades paralelas farão do Essência do Vinho um evento de programa cheiro. Entre provas comentadas, conversas, harmonizações e Dicas Revista de Vinhos, serão muitas as opções de escolha.

Conheça a lista completa da pré-seleção aqui e o júri completo na aqui.

Ler Matéria Completa: http://www.revistadevinhos.pt/noticias/ja-sao-conhecidos-os-finalistas-do-top-10-vinhos-portugueses